Posso perde uma batalha, mas não desisto da luta


São Paulo, 27 de outubro de 2016, as 00:24.

Bom galera, devido o meu trabalho, e o fato de está sem internet banda larga em casa, as postagem serão um pouco mais demorada, mas continuarei postando. Também continuarei (a medida do possível, é claro) atendendo pedido de postagem. Quer ver alguma postagem aqui no blog, faça o seu pedido por e-mail, pelo meu Facebook, ou por comentários aqui mesmo no blog.
Quero agradecer a todos que tem acompanhado o blog ao longo do tempo, muito obrigado mesmo.

Forte abraço

DJ Dejota



terça-feira, 23 de agosto de 2016

Som da Conquista- 2016

Sonm da conquista é uma seleção de 07 musical, e 07 vídeos feita pela Caixa Econômica federal para homenagear alguns dos atletas que ela patrocina nas Olimpíadas do Rio de Janeiro. As músicas são interpretadas por Edi Rock, Karol Conka, Projota, Negra Lee, Rapadura, Rincon Sapiência, Rashid, Alguns colegas me perguntaram se eu conseguiria o CD, como as músicas e os vídeos, não então em nenhum CD, eu baixei toadas as faixas (são apenas 7) e coloquei em uma única coletânea.
Neste CD estão as músicas e os vídeos.


DJ Dejota

Músicas

01- A Saga eo salto- Negra Li e Rincon Sapiência
02- Sons da Conquista- Edi Rock
03- Conquista- Rashid
04- Ninguém me Para- Rapadura
05- Tô na Luta- Karol Conka
06- Fernando Fernandes- Projota
07- Então Vem- Edi Rock, Karol Conka, Projota, Negra Lee, Rapadura, Rincon Sapiência, Rashid

Clique aqui ou nas capa para baixar

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Clara Nune- Série Bis- 2005

Clara Francisca Gonçalves Pinheiro, conhecida como Clara Nunes (Paraopeba, 12 de agosto de 1942— Rio de Janeiro, 2 de abril de 1983), foi uma cantora brasileira, considerada uma das maiores intérpretes do país. Pesquisadora da música popular brasileira, de seus ritmos e de seu folclore, Clara também viajou várias vezes para a África, representando o Brasil. Conhecedora das danças e das tradições afro-brasileiras, ela se converteu à umbanda. Clara Nunes seria uma das cantoras que mais gravariam canções dos compositores da Portela, sua escola do coração. Também foi a primeira cantora brasileira a vender mais de 100 mil cópias, derrubando um tabu segundo o qual mulheres não vendiam discos. Fonte Wikipédia

CD 1
01 Conto de Areia
02 Morena de Angola
03 Na Linha do Mar
04 Quando Vim de Minas
05 Alvorada
06 As Forças da Natureza
07 Macunaíma
08 Portela na Avenida
09 A Deusa dos Orixás
10 Alvorecer
11 P.C.J. (Partida Clementina de Jesus)
12 Peixe com Coco
13 Basta um Dia
14 É Doce Morrer no Mar


CD 2
01 O Mar Serenou
02 Ê, Baiana
03 Meu Sapato Já Furou
04 Lama
05 Canto das Três Raças
06 Nação
07 Juízo Final
08 Sabi
09 Meu Cariri
10 Desencontro
11 Apesar de Voc
12 Coisa da Antiga
13 Coração Leviano
14 Você Passa, Eu Acho Graça

Clique aqui ou nas capas para baixar

sábado, 13 de agosto de 2016

Sampa Crew- 2016- Romantic Sounds

Sampa Crew é um grupo Brasileiro de R&B contemporâneo formado em 1987, pelo rapper, produtor e compositor J.C. Sampa, onde mais tarde se juntou aos cantores Ricardo Anthony, Júnior Vox, o DJ Alam Beat e os dançarinos Guru e Ed Carlos. O grupo é conhecido pelo seu rap romântico e misturar os gêneros charme, funk melody, rap e soul em suas músicas. No final de 2008, o cantor Valtinho Jota recebeu um convite inesperado para integrar o grupo, onde fez parte por dois anos, e em 2010 deixou o grupo e seguiu carreira solo. No mesmo ano, a cantora Dani Voguel, falecida em 2013, tornou-se a nova integrante do grupo Sampa Crew, sendo a primeira mulher a fazer parte do grupo ao longo dos 25 anos de carreira.

O grupo Sampa Crew apareceu em 1988 na coletânea O Som das Ruas. Mudou o caráter engajado para algo mais romântico passando também por algumas formações. O grupo assinou contrato com a gravadora Epic Records em 1993 depois de emplacar alguns sucessos. Em 1994 foi lançado o álbum Sampa Crew, que teve como sucessos "Eterno Amor" e "Se Me Lembro Faz Doer e Mesmo Assim" e no mesmo ano foi certificado ouro por mais de 100 mil cópias vendidas. Nos álbuns seguintes o grupo teve mais sucessos como "Me De Uma Chance", "Alma Metade", "Coração te Acalma" e "Preciso te Esquecer". A gravadora Epic propôs ao grupo que mudasse o estilo rap nas músicas para o apenas cantado. O grupo não aceitou e lançou seu próprio selo, a Big Posse. No ano de 2000, o grupo lançou seu primeiro álbum independente intitulado, Sampa Crew ou Eu Nasci Para te Amar, e voltou a mídia brasileira fazendo sucesso nas radios brasileiras, principalmente em São Paulo onde o grupo faz mais apresentações. O mesmo sucesso se repetiu em 2002 com o álbum A Noite Cai e em 2004 com Baladas & Romances. No ano de 2006, o grupo foi indicado ao Prêmio TIM de Música na categoria Melhor Grupo de Canção Popular,[3] mas acabou perdendo para A Cor do Som.[4] Em 2007 lançaram de forma totalmente independente o DVD, 21 Anos de Baladas. Em 2011 lançaram o CD De Corpo e Alma. Fonte Wikipédia

Aqui eu coloquei apenas sucessos romântico do grupo, esta coletânea vai ser divida em dois CD's, este é o primeiro.

Músicas deste CD

01- Foi bom
02- Eterno amor
03- Eu amo você
04- Se me lembro faz doer (mix)
05- Mesmo assim (love mix)
06- Deixar as coisas triste pra depois
07- Eu preciso te esquecer
08- Amor amigo
09- Coração te acalma
10- Verdadeira paixão
11- Nosso adeus
12- Mulher brasileira
13- Azul da cor do mar
14- A Lua e eu
15- Linha do horizonte
16- Retrato e canções
17- Nada Mais

Clique aqui ou nas capas para baixar

domingo, 7 de agosto de 2016

The Best of Black- 2016

The Best of Black- 2016  é uma das minha últimas criações, nesta coletânea eu coloquei algumas das músicas Black que mais tenho ouvido no último mês. A primeira faixa "See You Again" vai chamar sua atenção logo de cara, pelo fato desta música ter sido usada na despedida do ator "Vin Diesel" ao também ator "Paul Walker" no final do filme "Velozes e Furiosos 7", que como todos sabem, faleceu em 30 de novembro de 2013, em um acidente de carro, durante as gravações do filme. Se você não gosta do filme, vale apenas você ver a última cena dele, é realmente muito emocionante (clique aqui e veja a cena.)

Músicas deste CD


01 - See You Again Feat. Charlie Puth
02 - The Freshest Slowest Jam
03 - Daddy´s Little Girl (Dub Mix)
04 - People everyday- Live (live)
05 - Georgia feat. Field Mob & Jamie Foxx
06 - What You Know
07 - Hey Love
08 - Emotions
09 - Hey All
10 - Baby Come Back
11 - Hotline Bling - (Female Perspective) 
12 - Real Woman
13 - I Need Girls
14 - Crossroads
15 - All In My Grill
16 - You Don't Know

Clique aqui ou nas capa para baixar

sábado, 6 de agosto de 2016

Black Power Music- 2016

Um pouco de história

Black Power (em português: "poder negro") foi um movimento entre pessoas negras no mundo ocidental, especialmente nos Estados Unidos. Mais proeminente no final dos anos 1960 e início dos anos 1970, o movimento enfatizou o orgulho racial e a criação de instituições culturais e políticas negras para cultivar e promover interesses coletivos, valores antecipadamente, e segura autonomia para os negros.

O mais antigo conhecimento do uso da expressão "Black Power" veio de um livro de Richard Wright, lançado em 1954 intitulado Black Power. O primeiro uso da expressão com sentido político pode ter sido por Robert F. Williams, presidente da NAACP, escritor e editor ativo nas décadas de 1950 e 1960.

Robert F. Williams, notável proponente do Black Power.
No entanto, alguns estudiosos acreditam que o uso da expressão remonta ao século XIX, sendo encontrada no discurso de personagens como o político Adam Clayton Powell e o militante de direitos civis Willie Ricks.

A expressão tornou-se mais conhecida quando foi usada por Stokely Carmichael, militante radical do movimento negro nos Estados Unidos, após sua vigésima sétima detenção, em 1966. Na ocasião, ele anunciou:

"Estamos gritando 'liberdade' há seis anos. O que vamos começar a dizer agora é 'poder negro' ", anunciou.
Nas décadas seguintes, a expressão ""Black Power"" foi gradativamente desvinculada do contexto histórico e político em que foi criada, passando a ser associada apenas a um estilo de cabelo. Fonte Wikipédia


Músicas deste CD

01- He's Gonna Catch Reggae Mix

02- Nice and naughty
03- No Woman No Cray (remix)
04- Notorius Thugs
05- Piece of My Heart
06- I'll Be Missing You
07- Doint It
08- Ah! Ah! Ah! Uhh
09- Contry Grammar
10- Oh Yeah
11- Get Ur Freak
12- Rollin Up Some Mo
13- Don't Realize
14- In Da Cube (Remix)
15- I Treid
16- Don't Matter

Clique aqui ou nas capas para baixar o CD