Posso perde uma batalha, mas não desisto da luta


São Paulo, 20 de abril de 2020

Bom dia galera, estou de volta com minhas postagens. Meu blog sofreu com muitos links quebrado, e como estava sem tempo, e com uma internet ruim, fiquei um bom tempo sem dar atenção ao blog, estou votando com força total, ainda tenho que mudar umas configurações aqui, mas logo logo vai estar tudo OK. Não estava recebendo as indicações de disco (CDs) nem as perguntas, já arrumei isso. Meu e-mail está logo em cima, na barra do blog, mas vou deixar ele aqui também. E-MAIL: dejotasantos@gmail.com. Também continuarei (a medida do possível, é claro) atendendo pedido de postagem. Quer ver alguma postagem aqui no blog, faça o seu pedido por e-mail, pelo meu Facebook, ou por comentários aqui mesmo no blog.
Quero agradecer a todos que tem acompanhado o blog ao longo do tempo, muito obrigado mesmo.

Forte abraço

DJ Dejota



segunda-feira, 29 de junho de 2020

Grupo Sambalanço - Sambalanço Sertanejo- 1992

Para quem tem mais de 40 anos com certeza vai lembrar dessa onda do SAMBANJO, que nada mais era, ou melhor, é, do que músicas sertanejas cantadas e tocadas em ritmo de samba, a moda surgiu no final dos anos 80, e ganhou força no inicio dos 90, eu particularmente gosto muto da mistura de ritmos, e essa mistura deu muito certo, hoje tem inclusive uma mistura que eu aprecio muito, que é o samba com rock, não o sambarock, que já conhecemos, mas sim clássicos do rock mundial, tocadas em ritmo de samba, o grupo SAMBÔ é especialista nessa modalidade. Bom!!! Para matar a saudade dessa época aqui vai um dos grandes grupos dessa onda do sambanejo, espero que gostem, e curam as músicas. Dejota

músicas deste CD

01- Nuvem de lágrimas
02- Eu te amo (And i love her)
03- Nem dormindo consigo te esquecer
04- Desculpe mas Eu vou chorar
05- Se Deus me ouvisse
06- Pense em Mim
07- Do samba ao sertanejo
08- Ainda ontem chorei de saudade
09- Entre tapas e beijos
10- Sonho por sonho
11- É o amor
12- Fio de cabelo


segunda-feira, 15 de junho de 2020

VIDAS NEGRAS IMPORTAM

Impossível ficar indiferente com o que acontece com os negros pelo mundo, claro que toda VIDA importa, e que jamais devemos julgar qualquer pessoa por sua pele, ou quaisquer de suas preferencias, sejam elas religiosas, sexuais, culturais, etc., mas não podemos negar que a raça negra é quem mais sofre na maior parte do mundo, e não vamos negar que aqui no Brasil, não é diferente. Então essa é a minha pequena contribuição (por enquanto) para o movimento VIDAS NEGRAS IMPORTAM. DJ Dejota

Músicas

01- Taiguara - Negróide (1968)
02- Clementina de Jesus - Cangoma me Chamou (1970)
03- Jorge Ben - Negro é Lindo (1971)
04- Dom Salvador e Abolição - Uma Vida (1971)
05- Toni Tornado - Sou Negro (1972)
06- Clara Nunes -  (1976)
07- Zezé Motta - Senhora Liberdade (1979)
08- Bezerra da Silva - Inferno Colorido (1980)
09- Dona Ivone Lara e Jorge Ben Jor - Sorriso Negro (1981)
10- Sandra de Sá - Olhos Coloridos (1982)
11- Thaide e DJ Hum - Sr. Tempo Bom - (1996)
12- Rappin' Hood - Sou Negrão (2001)
13- Rappin' Hood -  Rap O Som da Paz (2005)
14- Kamau, Rincon Sapiência e Thalma de Freitas - Tambor (2008)
15- Leandro Sapucahy - Favela - Part. Esp. Arlindo Cruz (2006)

sexta-feira, 5 de junho de 2020

Léo Maia- 2015- Momentos - Baile Black

Márcio Leonardo Maia Gomes da Silva nasceu em 11 de março de 1974 no bairro de Botafogo no Rio de Janeiro, onde cresceu ao lado do pai Tim Maia, da mãe Geisa Gomes da Silva, e do irmão, Carmelo. Filho de criação de Tim Maia, Márcio nunca foi adotado legalmente pelo cantor. Seu nome é mencionado na canção "Márcio Leonardo e Telmo" do álbum Tim Maia, lançado em 1976. Um dos trechos da canção diz: "O Márcio Leonardo veio na Seroma pra tocar seu violão, seu piano!". Seu meio-irmão por parte de pai, José Carlos da Silva Nogueira, foi assassinado aos 36 anos em 2002.
Sua musicalidade foi influenciada por Cassiano, Paulinho Guitarra e outros músicos que acompanhavam seu pai nos shows. Léo foi o apelido que o cantor recebeu ainda na infância de seu pai Tim Maia. Era uma criança muito alegre e carinhosa. Ele, durante os ensaios de seu pai na banda Vitória Régia, costumava dormir sobre os rolos de fios. Pegou num violão pela primeira vez aos 7 anos – aprendeu com o pai a tocar o instrumento, e logo de cara tirou os acordes da música “Sossego”.
Em 2005, Léo lançou seu primeiro disco Cavalo de Jorge, que reuniu 13 canções, das quais 8 de sua autoria. Depois de dois anos pesquisando e compondo o repertório de Cidadão do Bem, Léo Maia e a LGK Music lançaram em 2008, com distribuição da gravadora Som Livre, seu segundo disco. Cada vez mais samba-soul. Assim pode se descrever a fase atual de Léo Maia, que lança o terceiro disco Sopro do Dragão em 2010 com a LGK Music e Som Livre.
No quinto disco Diz Que Tem Saudade de 2012, Léo toca músicas que já foram sucesso (Me Dê Motivo) e músicas inéditas (“Canudinho” e “Diz Que Tem Saudade”).
Em 2014, foi contratado pelo SBT para fazer parte do reality show Esse Artista Sou Eu, comandado por Márcio Ballas. Em 2018, lança Rei do Baile, seu primeiro álbum gospel. Fonte Wikipédia

Resolvi postar esse CD primeiro pois ele tem as cações que mais ouço de Léo Maia, futuramente vou postar aqui outros CD´s do cantor- DJ Dejota

Músicas

01- Eu Amo Você
02- Revanche
03- Homem do Espaço
04- Kilario
05- Mandou Bem
06- Sorriso Falso
07- Funk na Lata
08- Impaciência
09- O Amor É Estranho Demais
10- Cidadão do Bem
11- Eu Gosto Mesmo É de Namorar
12- Seda Chinesa
13- Doeu
14- Baile Black

 

SWV- 1992 It's About Time

Sisters with Voices
, mais conhecido como SWV, é um trio feminino americano de R&B de Nova Iorque. Formado em 1990 como um grupo gospel, SWV se tornou um dos mais bem sucedidos grupos de R&B dos anos 90. Elas tiveram uma série de hits, incluindo "Weak", "Right Here / Human Nature", "I'm So Into You" e "You're the One". O grupo se desfez em 1998 para prosseguir os projetos solo e se reuniram novamente em 2005.


Músicas

01 Anything
02 I'm So Into You
03 Right Here
04 Weak
05 You're Always On My Mind
06 Downtown
07 Coming Home
08 Give It To Me
09 Black Puddin'
10 It's About Time
11 Think You're Gonna Like It
12 That's What I Need
13 SWV In The House
14 Weak [Acapella]
15 Right Here [Human Nature Remix]

Royce do Cavaco Especial

Royce do Cavaco, nascido Royce Todoverto (São Paulo, 8 de outubro de 1961) é cavaquinista, cantor e compositor brasileiro, considerado um dos maiores intérpretes de sambas-enredo. Ocupa o posto de intérprete oficial da X-9 Paulistana, escola para onde retornou depois de seis anos. Porém já teve passagens pela Águia de Ouro, Rosas de Ouro, Nenê de Vila Matilde, Acadêmicos do Tatuapé e Tom Maior. Wikipédia

Músicas destes CDs
CD 1
01 - Fora de Ocasião
02 - Só Saudade
03 - Chegou sua Vez
04 - Pra que Brigar
05 - Coração Feito Menino
06 - A Saudade Dói
07 - Pra que Recordar o que Chorei
08 - Metade Paz, Metade Dor
09 - Siameses
10 - Ter e Não Ter
11 - Pesadelo
12 - Essa Felicidade
13 - Eu Tentei
CD 2
14 - Frente a Frente
15 - Ta na Cara
16 - Meu Coração é Teu
17 - Dádiva de Deus
18 - Chorando Estrelas
19 - Parece Que Foi Ontem
20 - Jogo da Vida
21 - Você o Amor e Eu
22 - Vazio
23 - Coisa do Destino
24 - Coração em Desalinho
25 - Curvas da Paixão
26 - Lição De Amor

quinta-feira, 4 de junho de 2020

Hip Hop feat Western - Instrumental Rap 2016

Esse é um trabalho do meu parceiro CARLOS PADRO, que faz um trabalho muito bom divulgando o melhor da black music, e o melhor da música, visite o blog O SOM DOS PADRO'S, e confiram o trabalho do meu parceiro Carlos. Forte abraço mano.
Aqui nessa coletânea você vai encontrar remix com temas de faroeste, e a batida envolvente do hip hop.

Músicas

01. Dj 2 Bad - The Ecstasy Of Gold (from “The Good, The Bad & The Ugly”)
02. Spike T Jones - The Good, The Bad & The Ugly 
03. Will T. Bear - For a A Few Dollars More
04. Ultraviolet - Once Upon A Time In The West 
05. Tribe One ft Domino - A Fistful of Dollars 
06. D Shark - Carillon (from “For A Few Dollars More”)
07. Guru Dawn - The Wild Bunch
08. CJ Carson - Shoot' Em Up
09. Willie Blake - Apache
10. T Phase - The Man With the Harmonica (from “Once Upon A Time In The West”)
11. TC Dickinson feat Carrera - Django
12. Dj Flexx  - Wanted
13. Spike T Jones - The Good, The Bad & The Ugly (Remix) 

domingo, 31 de maio de 2020

Trio Esperança - Grandes sucessos

Trio Esperança
é um conjunto vocal de doo-wop e soul formado no Rio de Janeiro em 1958 pelos irmãos Mário, Regina e Evinha.

Estreou em 1961 no programa de calouros de Hélio Ricardo e em seguida passou a apresentar-se no programa de José Messias, na Rádio Mundial, do Rio de Janeiro,
O sucesso foi atingido com o lançamento de Filme Triste (Sad Movie, versão de Romeu Nunes), incluído no LP "Nós Somos Sucesso" em 1963, ao lado da música, O Sapo (Jayme Silva e Neuza Teixeira).

O trio apresentou-se no programa Jovem Guarda, da TV Record, de São Paulo, destacando-se com Meu Bem Lollipop (My Boy Lollypop, versão de Gerson Gonçalves), Festa do Bolinha (Roberto Carlos e Erasmo Carlos), Gasparzinho (Renato Correia).

Em 1968 a cantora Evinha deixou o grupo e passou a atuar sozinha, conseguindo o primeiro lugar, no "IV FIC", com a música, Cantiga por Luciana (Paulinho Tapajós e Edmundo Souto).

Integrado por outra irmã, Marisa, o conjunto gravou o LP "Trio Esperança", em 1970, com Primavera (Cassiano e Rochael); "Trio Esperança", em 1971, com Na Hora do Almoço (Belchior); "Trio Esperança", em 1974, com Arrasta a Sandália (Roberto Correia e John Lemos); e "Trio Esperança", em 1975, com Marambaia (Henricão e Rubens Campos), todos na EMI-Odeon.

Residindo na Europa, as irmãs Eva, Regina e Marisa continuam ativas.

Músicas

01 - Noves Fora (O Progresso)
02 - Vamos Sacudir
03 - Replay (O Meu Time é a Alegria Da Cidade)
04 - A Festa Do Bolinha
05 - Chuva Fina
06 - A Vizinha Do Sobrado
07 - Por Teu Amor
08 - Este Grande Amor
09 - Aurora (Con La Aurora)
10 - Arrasta a Sandália
11 - Quem Tá Com Samba
12 - O Retrato
13 - Filme Triste - Sad Movies (Make Me Cry)