Posso perde uma batalha, mas não desisto da luta


São Paulo, 02 de fevereiro de 2018

Bom dia galera, estou de volta com minhas postagens. Também continuarei (a medida do possível, é claro) atendendo pedido de postagem. Quer ver alguma postagem aqui no blog, faça o seu pedido por e-mail, pelo meu Facebook, ou por comentários aqui mesmo no blog.
Quero agradecer a todos que tem acompanhado o blog ao longo do tempo, muito obrigado mesmo.

Forte abraço

DJ Dejota



quinta-feira, 28 de maio de 2015

1966 - The Fever (e Os Amigos) remasterização

The Fevers é uma banda brasileira de rock e pop formada no Rio de Janeiro em 1964 e associada ao movimento da Jovem Guarda. Fez muito sucesso na segunda metade da década de 1960 e início da década de 1970, vindo se consagrar nos anos 1980 com as aberturas das novelas (Elas por Elas e Guerra dos Sexos, da Rede Globo). O grupo continua em plena atividade até os dias de hoje.
Criada em 1964, a banda originalmente se chamava The Fenders e seus membros originais eram Almir Bezerra (vocais e guitarra), Liebert (contrabaixo), Lécio do Nascimento (bateria), Pedrinho (guitarra), Cleudir (teclados) e Jimmy Cruise (vocais). Em 1965, Jimmy saiu do grupo e os membros remanescentes decidiram mudar o nome para The Fevers, foi quando entraram mais dois componentes, Miguel Plopschi em 1965 e Luiz Claudio em 1969.

Gravaram seus primeiros discos em 1965 e 1966 pela Philips, os compactos Vamos dançar o letkiss (versão de Letkiss), Wooly Bully (de Domingo Samudio, em versão) e Não vivo na solidão. Em 1966 apareceram no filme Na Onda do Iê-Iê-Iê.

Passando para a Odeon ainda em 1966, revelaram-se um dos mais importantes grupos vocais-instrumentais da Jovem Guarda. Fizeram (muitas vezes sem créditos nos discos) o acompanhamento instrumental de gravações de Eduardo Araújo (O bom), Deny e Dino (Coruja), Erasmo Carlos (os LPs O Tremendão e Você me acende), Roberto Carlos (gravações como Eu te darei o céu e Eu estou apaixonado por você), Golden Boys, Wilson Simonal (faixas como Mamãe passou açúcar em mim), Trio Esperança (LP A festa do Bolinha), Jorge Ben (o LP O bidu/Silêncio no Brooklin) e o primeiro LP de Paulo Sérgio. Leia mais em Wikipédia

Dedico esta postagem ao meu parceiro Arnaldo King, e ao seu trabalho no Blog Na Onda Do Samba rock 1. Vale Parceiro. DJ Dejota

Músicas deste CD


01. Creme Batido (Whipped Cream) - Com Julinho E Seu Piston
02. O Bom - Com Eduardo Araújo
03. Deixa De Banca (Les Comichons) - Com Eduardo Araújo
04. Alguém Na Multidão - Com Golden Boys
05. Michelle - Com Golden Boys
06. Mamãe Passou Açucar Em Mim - Com Wilson Simonal
07. Você Me Acende - Com Erasmo Carlos
08. Vai Ser Bom (Ça Serait Beau)
09. Preciso De Você
10. Triste Sem Amor
11. Let Kiss
12. São Francisco [San Francisco (Be Sure To Wear Some Flowers In Your Hair)
13. Arrependimento

Clique aqui ou nas capas para baixar