Posso perde uma batalha, mas não desisto da luta


Quem puder, clique em um dos anúcios que aparecem abaixo das postagem, ou na lateral do blog, não é preciso comprar nada, mas só o fato de clicar já ajuda o blog a manter as atividades. Obrigado pela visita, baixe os CDs, e curta as músicas, muito obrigado mesmo.

Forte abraço

DJ Dejota



sábado, 27 de abril de 2013

Especial MPB- 2013

Sou um grande apaixonado por música, e claro, principalmente pela nossa boa e velha música popular brasileira (MPB), aqui nessa coletânea coloquei um pouco das músicas que esculto. Essa é uma antiga postagem, mas que eu remodelei, e adicionei mais um link para baixar, pois o antigo link tinha sido derrubado. Misturei aqui sucessos das décadas de 80, 90, e 2000. Embora tenha feito novas capas, mantive as canções originais de quando essa postagem foi feita (2013). Obrigado a visitante “Any” por me avisar nos comentários sobre o problema com a postagem. Está totalmente atualizada (29/12/2021). Dejota

Quem puder, clique em um dos anúncios que aparecem abaixo das postagens,
ou na lateral do blog, não é preciso comprar nada, mas só o fato de clicar
já ajuda o blog a manter as atividades, trazendo sempre os melhores arquivos.
Obrigado pela visita, baixe o CD, e curta as músicas. DJ Dejota.


Músicas deste CD

01- Quem De Nós Dois- Ana Carolina
02- Sonhos De Um Palhaço- Antonio Marcos
03- Chão Pó Poeira- Boa Noite- Oswaldo Montenegro (ao vivo)04- Muito Estranho- Dalton05- Como Nossos Pais- Elis Regina
06- Sonhos- Peninha
07- Sonho de Ícaro- Bíafra
08- Sozinho- Peninha
09- Lua e Flor - Agonia- Oswaldo Montenegro (ao vivo)
10- Nem Um Toque- Rosna
11- Chão De Giz- Zé Ramalho & Elba Ramalho
12- Meu Anjo Azul- Marquinho Moura
13- Seu Nome- Bìafra
14- Lembranças- Katia
15- Um Dia, Um Adeus- Guilherme Arantes
16- Porto Solidão- Jessé
17- Qualquer Jeito- Katia
18- Metade- Oswaldo Montenegro

Clique aqui ou nas capas para baixar

Clique aqui ou nas capas para baixar (MEGA)


Whoever can, click on one of the ads that appear below the posts,
or on the side of the blog, there is no need to buy anything, but just clicking
already helps the blog keep its activities, always bringing the best files.
Thanks for visiting, download the CD, and enjoy the songs. DJ Dejota.

1995- Bezerra da Silva, Moreira e Dicro - Os 3 Malandros In Concert

Bezerra, Moreira e Dicró - Os 3 Malandros In Concert é um CD gravado pelos 3 Malandros cariocas Moreira da Silva, Bezerra da Silva e Dicró
Em 1995, os 3 malandros, muitíssimo bem humorados, resolvem se reunir e fazer um espetáculo para satirizar os Três Tenores (Luciano Pavarotti, Plácido Domingo e José Carreras). Espetáculo este que virou um CD e teve o selo da Sony Music. Wikipedia

Para quem gosta de bom samba, e bom humor o encontro destes três é um verdadeiro show (ou melhor, concerto) DJ Dejota

Músicas


01 - O Recital
02 - Os Três Pagodeiros do Rio
03 - Ópera do Morro
04 - Malandros In Concert
05 - Ressuscita Ele
06 - Chave de Cadeia
07 - Malandro Não Vacila
08 - O Político
09 - Na Subida do Morro
10 - Dava Dois
11 - Lugar Macabro
12 - Jogando com o Capeta
13 - Rua da Amargura

Clique aqui ou nas capas para baixar

terça-feira, 23 de abril de 2013

Boot Camp Clik- For The People (1997)

Boot Camp Clik é um grupo americano de hip hop do Brooklyn , Nova York , que é composto por Buckshot (dos Black Moon ), Smith-N-Wessun , também conhecido como Cacau Brovaz ( Tek e Steele ), Heltah Skeltah ( Rocha e Ruck, aka Sean Price ), OGC (Originoo Gunn Clappaz) ( Starang Wondah , Top Dog , e Louieville Sluggah ). Todos os seus membros são do Brownsville seção de Brooklyn, bem como Buckshot que é desde o Crown Heights seção e Tek que é a partir do Bedford-Stuyvesant seção. Fonte Wikipedia (tradução)

Este é o primeiro trabalho do grupo Boot Camp Clik, gravado no anos de 1997, como foi mencionado na tradução acima, Sean Price faz parte deste grupo. DJ Dejota

Músicas deste CD


01- 1-900 Get Da Boot
02- Down By Law
03- Night Riders
04- Headz R Reddee Pt. II
05- Watch Your Step
06- Illa Noyz
07- Rag Time
08- Blackout
09- Ohkeedoke
10- Rugged Terrain
11- The Dugout
12- Go For Yours
13- Likkle Youth Man Dem (Bonus Track)
14- Last Time

Clique aqui ou nas capas para baixar   



segunda-feira, 22 de abril de 2013

Sérgio Reis- Meu Tributo- 2013

Esta é uma pequena homenagem a um dos cantores de música sertaneja que mais curto.

Paulistano nascido no tradicional bairro de Santana, fez parte da Jovem Guarda na década de 1960, criando em 1967 a música "Coração de papel". Gravou seu primeiro disco de música sertaneja com a música "Menino da gaita" em 1972. Seguiu-se o sucesso de "Menino da Porteira", "Adeus Mariana", "Disco Voador", "Panela Velha", "Filho Adotivo", "Pinga ni Mim" e várias outras canções. Seu disco "O Melhor de Sérgio Reis", lançado em 1981, vendeu mais de 1 milhão de cópias.O cantor optou por adotar o sobrenome de sua mãe , pois não achava o sobrenome de seu pai adequado para o ramo artístico.
No ano de 2002, Sérgio Reis prestou uma homenagem a Roberto Carlos, com o CD intitulado "nossas canções", onde "Serjão" interpretou músicas gravadas pelo Rei Roberto Carlos, de autoria deste em parceria com Erasmo Carlos e de outros compositores.
No ano de 2003, Sérgio Reis gravou seu primeiro DVD, intitulado "Sérgio Reis e filhos - violas e violeiros", e como o próprio título diz, "Serjão" teve seus filhos como músicos na apresentação.
Em 2010, para comemorar os mais de 40 anos de parceira, Sérgio Reis e Renato Teixeira lançaram o álbum (CD e DVD) ao vivo Amizade Sincera, que reuniu clássicos da música sertaneja.
Em 3 de março de 2012, o cantor caiu de uma altura de aproximadamente dois metros durante apresentação em show na cidade de Três Marias, em Minas Gerais e permaneceu internado para exames mais detalhados 2 .

Músicas do CD


01 Filho Adotivo
02 Tristeza do Jeca
03 Chico Mineiro
04 O Menino da Porteira
05 Serafim e Seus Filhos
06 Tocando em Frente
07 Couro de Boi
08 Escolta de Vaga-lumes
09 Filho Pródigo
10 Cabocla Tereza
11 Mágoa de Boiadeiro
12 Disparada
13 Chitãozinho e Xororó
14 Rei do Gado
15 Rio De Piracicaba
16 Bicho do Mato
17 João de Barro
18 O Menino da Gaita (El Chico De La Armonica)
19 Romaria
20 Procissão
21 Boiadeiro Errante
22 Pagode em Brasília

Clique aqui ou nas capas para baixar este CD


domingo, 21 de abril de 2013

Sean Price - Mic Tyson (2012)

Se liga no som, galera!

Sean Price é um rapper e membro do hip hop Boot Camp Clik and Random Axe. Ele chegou à fama como membro do duo Heltah Skeltah com o nome Ruckus, ou em suma Ruck  juntamente com o parceiro Rock. Ele também é destaque no vídeo game NBA 2K11 como um personagem jogável no modo de rua. Price vive em Brownsville, Brooklyn.

Músicas deste CD

1.Genesis of the Omega
2.Bar-Barian
3.Pyrex
4.Price & Shining Armor feat. Ruste Juxx
5.Title Track
6.Straight Music
7.STFU Part 2
8.Hush
9.Solomon Grundy feat. Ill Bill
10.Frankenberry feat. Buckshot
11.BBQ Sauce feat. Pharoahe Monch
12.Bully Rap feat. Realm Reality
13.By The Way feat. Torae
14.Battering Bars feat. Pumpkin Head
15.The Hardest Ni**a Out

Jorge Ben Jor - 1974 - A Tábua de Esmeraldas (Homenagem ao dia do vinil)

dia 20 de abril, dia do vinil

Para homenagear o dia do vinil, uma postagem especial do nosso grande Jorge Ben Jor


O disco de vinil, conhecido simplesmente como vinil, ou ainda Long Play (LP) é uma mídia desenvolvida no final da década de 1940 para a reprodução musical, que usa um material plástico chamado vinil1 (normalmente feito de PVC), usualmente de cor preta, que registra informações de áudio, que podem ser reproduzidas através de um toca-discos.
O disco de vinil possui microssulcos ou ranhuras em forma espiralada que conduzem a agulha do toca-discos da borda externa até o centro no sentido horário. Trata-se de uma gravação analógica, mecânica. Esses sulcos são microscópicos e fazem a agulha vibrar. Essa vibração é transformada em sinal elétrico. Este sinal elétrico é posteriormente amplificado e transformado em som audível (música).2
O vinil é um tipo de plástico muito delicado e qualquer arranhão pode tornar-se uma falha, a comprometer a qualidade sonora. Os discos precisam constantemente ser limpos e estar sempre livres de poeira, ser guardados sempre na posição vertical e dentro de sua capa e envelope de proteção (conhecidas, vulgarmente, como capa de dentro e de fora). A poeira é um dos piores inimigos do vinil, pois funciona como um abrasivo, a danificar tanto o disco como a agulha.


Músicas do Disco


01 - Os alquimistas estão chegando os alquimista
02 - O homem da gravata florida
03 - Errare humanum est
04 - Menina mulher de pele preta
05 - Eu vou torcer
06 - Magnólia
07 - Minha teimosia uma arma pra te conquistar
08 - Zumbi
09 - Brother
10 - O namorado da viúva
11 - Hermes tri
12 - Cinco minutos

Clique aqui ou nas capas para baixar o disco



quarta-feira, 17 de abril de 2013

Fundo de Quintal- 1981 - Samba é no Fundo do Quintal Vol. 2

Este é o segundo trabalho do grupo Fundo de Quintal, o disco foi gravado no ano de 1981, e ainda foi gravado com a formação original do grupo, que contava com Jorge Aragão, e Almir Guinéto em sua formação. DJ Dejota



Músicas deste disco


1- Bebeto loteria (Tião Pelado)
2- Resignação (Ivone Lara, Hélio dos Santos)
3- Doce refúgio (Luiz Carlos da Vila)
4- Amarguras (Cláudio Santos, Zeca Pagodinho)
5- Minha arte de amar (Zé Luiz, Nei Lopes)
6- Ser poeta (Rivelino, Zeré, Ibraim)
7- Sá Janaina (Almir Guinéto, Luverci, Wilder)
8- Sonho de valsa (Wilson Moreira, Nei Lopes)
9- Melhor para dois (Arlindo Cruz)
10- Suborno (Sereno, Sombrinha)
11- Vai por mim (Sombrinha, Adilson Victor)
12- Entre confiante (Paulo Negão do Salgueiro)

Clique aqui ou nas capas para baixar este disco



Grupo Fundo de Quintal- 1980 - Samba é No Fundo do Quintal

Fundo de Quintal é um grupo de samba formado no Brasil no final da década de 1970. Surgido a partir do bloco carnavalesco Cacique de Ramos, da cidade do Rio de Janeiro, o grupo tornou-se uma referência original no sub-gênero pagode.
Composto principalmente por sambistas da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, o Fundo de Quintal se caracterizou por usar instrumentos - até então pouco comuns em rodas de samba - como o banjo, o tantã, o repique de mão e o repique-de-anel. O grupo inicialmente era composto pelos sambistas Almir Guineto, Bira Presidente, Jorge Aragão, Neoci, Sereno, Sombrinha e Ubirany. Mais tarde, Arlindo Cruz e Walter Sete Cordas integraram o conjunto musical. Atualmente o grupo é composto por Ademir Batera, Ronaldinho, Sereno, Délcio Luis, Bira Presidente e Ubirany.
Tendo como "madrinha" a cantora Beth Carvalho, o grupo gravou vários álbuns, alguns deles discos de Ouro e Platina. Alguns de seus maiores sucessos são " "A Batucada dos Nossos Tantãs", "E Eu Não Fui Convidado", "Boca Sem Dente", "Ô, Irene", "O Show Tem Que Continuar", "Do Fundo do Nosso Quintal", "Só pra Contrariar", "Miudinho", "Bebeto Loteria", "Não Vai na Conversa Dela", ""Vai Lá Vai Lá"", "Parabéns pra Você", "Andei, Andei", "Malandro Sou Eu", "Tô Que Tô", entre outros. Wikipedia

Este é o primeiro disco gravado pelo grupo com a sua formação original. A capa eu adaptei para CD com imagens dos discos de vinil original. DJ Dejota

Músicas deste disco


01 Você Quer Voltar
02 Sou Flamengo, Cacique e Mangueira
03 Prazer da Serrinha
04 Olha a Intimidade
05 Volta da Sorte
06 Marido da Madame
07 Bate na Viola
08 Gamação Danada
09 Lá no Morro
10 Bar da Esquina
11 Voltar a Paz
12 Zé da Ralé

Link atualizado (Mediafire)

Clique aqui ou nas imagens para baixar


terça-feira, 16 de abril de 2013

Tina Tuner Rock Ballads Special- 2013

Tina Turner (Nutbush, 26 de Novembro de 1939), nome artístico de Anna Mae Bullock, é uma cantora, dançarina, autora e actriz norte-americana, cuja carreira artística estreou há mais de cinquenta anos. Ela é considerada uma diva da música e, também, segundo o canal de televisão americano MTV, uma das mais dinâmicas cantoras da história. Ela tornou-se famosa por explosivas apresentações como membro da banda Ike & Tina Turner durante os anos 60 e 70.
Após a publicação da sua autobiografia, I, Tina (1986), Turner revelou casos graves de maus-tratos contra ela pelo seu então marido, Ike Turner, antes da sua separação em 1976, seguida pelo divórcio em 1978. Depois de praticamente ter desaparecido da cena musical por vários anos após seu divórcio com Ike, ela reconstruiu sua carreira, lançando uma série de sucessos, começando o single "Let's Stay Together" (1983), e o lançamento do seu quinto álbum de estúdio a solo, Private Dancer (1984).
Sua carreira musical levou a vários papéis no cinema, começando com um papel de destaque como The Acid Queen em 1975 no filme Tommy, e uma aparição em Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (1978). Ela estrelou ao lado do actor Mel Gibson como a Tia Entity em Mad Max Beyond Thunderdome (1985), pelo qual, mais tarde, recebeu o prémio NAACP Image Award de "Melhor Actriz em uma Película", e sua versão do tema do filme, "We Don't Need Another Hero (Thunderdome)" (1985), foi um êxito, tendo alcançado as cinco melhores posições nos Estados Unidos.
Uma das artistas mais populares do mundo, Turner tem sido chamado de a artista de rock do sexo feminino de maior sucesso, e foi considerada a 17º cantora na lista dos maiores cantores de todos os tempos, pela revista Rolling Stone. As somas combinadas dos seus álbuns e singles dão um resultado de aproximadamente 180 milhões de cópias em todo o mundo. Ela é conhecida por sua presença enérgica de palco, vocais poderosos, longevidade da carreira, e apelo muito difundido. Em 2008, Turner abandonou a sua semi-reforma para embarcar na digressão Tina!: 50th Anniversary Tour. A digressão tornou-se num dos concertos com o maior número de bilhetes vendido de 2008-2009. Apesar de ter sido criada como uma baptista, ela se converteu ao budismo, e credita os cânticos espirituais como os que der-lhe a força que ela precisava para superar os momentos difíceis. A revista Rolling Stone classificou-a como a 63º maior artista de todos os tempos, e considera-a de "Rainha do rock and Roll". Wikipédia

Nesta coletânea eu coloquei as 34 músicas de Tina Tuner que mais curto. DJ Dejota

Músicas destes CDs

 CD I


01- Stand By Your Man
02- Help
03- Don't Leave Me This Way
04- Falling
05- Good Hearted Woman
06- A Fool For You
07- A Woman In A Man's World
08- A Fool In Love
09- If It's All Right With You
10- Rock Me Baby
11- Sometimes When We Touch
12- Come Together
13- Dancing In My Dreams
14- I Will Be There
15- Loving Him Was Easier
16- Freedom To Stay
17- The Woman I'm Supposed To Be

CD II

18- I'll Be Thunder

19- I Don't Wanna Fight
20- Paradise Is Here
21- What's Love Got To Do With It
22- So Fine
23- The Best
24- Two People
25- Whatever You Need
26- If This Is Our Last Time
27- Stay Awhile
28- I don't wanna lose you
29- Funny How Times Slips Away
30- Lay It Down
31- I Smell Trouble
32- We Had It All
33- It Sho Ain't Me
34- I Idolize You

Clique aqui ou nas capas para baixar

quinta-feira, 11 de abril de 2013

GOG- Cartão Postal Bomba- 2007

Genival Oliveira Gonçalves (Sobradinho, DF, 1965), mais conhecido como GOG, é um rapper e escritor brasileiro.
É um dos pioneiros do movimento rap no Distrito Federal. Desde o início da carreira, ganhou a alcunha de Poeta. Seu mais recente trabalho é o DVD Cartão Postal Bomba!, lançado em fevereiro de 2009. Seu primeiro disco de carreira foi gravado no ano de 1992.

Carreira

Genival nasceu em Sobradinho, no Distrito Federal, em 1965, tendo se mudado em 1973 para o Guará, onde residiu até 1991. Foi nessa cidade que iniciou os trabalhos com rap: o convívio com os primos mais velhos amantes da black music, os vinis e o toca-discos de seu pai foram peças importantes. Sua primeira participação em um grupo foi no "Magrello's Pop Funk", um grupo de dança que daria origem ao grupo de rap "Os Magrello's, além da iniciação no break, a chegada ao rap e, consequentemente, a faculdade.
No final dos anos 1980, em Brasília, o "Movimento hip hop" começou a crescer graduamente, mesmo independente de outros estados. Genival adota o pseudônimo GOG - que são as iniciais de seu nome completo e inicia sua carreira artística. A dupla paulista Thaíde e DJ Hum se apresentou no Distrito Federal pela primeira vez em 1989 e iniciou-se ali um intercâmbio entre os estados.
No ano de 1990, GOG recebe o convite do DJ Leandronik para participar da coletânea "Rap Ataca", do selo Kaskata's, onde grava a música "A Vida", o que seria sua primeira gravação oficial. Em 1992, GOG, em parceria com o selo de rap Discovery lança o compilado "Peso Pesado" e seu nome passa a ser projetado pelo país. No ano seguinte, o cantor lança o selo independente "Só Balanço", para apresentar seus trabalhos e dar oportunidades a novos talentos, diante das dificuldades enfrentadas pelo mercado musical. O primeiro projeto foi o LP "Vamos Apagá-los... Com o Nosso Raciocínio", de sua autoria.
A "Só Balanço" a partir do ano de 1996 se torna loja de discos e mais tarde estúdio de gravação, dentro do projeto de auto-gestão, objetivo principal de sua criação. Por todo o Brasil, acontecem apresentações e suas músicas são executadas nas rádios, inclusive nas comunitárias. Suas idéias e letras se propagam, sendo GOG chamado também por "Poeta do Rap Nacional".
De 1994 a 2000 são lançados mais quatro discos: "Dia-a-Dia da Periferia", "Prepare-se!", "Das Trevas à Luz" e "CPI da Favela". Várias músicas desses álbuns foram divulgadas nas periferias do Brasil. O músico também gravou videoclipes, no caso das versões de "Periferia Segue Sangrando" e "Matemática na Prática", onde recebe o "Prêmio Porte Ilegal" como melhor letrista do rap do país.
Em 1999, a "Só Balanço" lança "GOG Convida", sendo a primeira coletânea de rap do Distrito Federal, e "Familia G.O.G - Fábrica da Vida" com proposta de ceder espaços para novos artistas, com intuito de fortalecer a continuidade do Movimento Hip Hop na cidade, o qual originou o grupo Viela 17. O próximo álbum, "Tarja Preta" é lançado em 2004 e recebe o Prêmio Hutúz de melhor disco do ano.
Em 2005, GOG é convidado pela banda de reggae Natiruts a participar no CD "Nossa Missão". Ele e Alexandre, apresentam ao público a comentada faixa "Quem Planta o Preconceito?", que também contou com um videoclipe. A parceria continuou e em 2008 os dois participaram no CD do grupo A Família, A Família - Mais Romântico.
No ano seguinte, participa do "Acústico MTV" de Lenine. Ele apresenta-se ao lado do artista da MPB interpretando a faixa "Eu e Lenine (A Ponte)". Nesse mesmo ano, GOG grava o CD "Aviso às Gerações" que traz participações dos cantores Rapadura e de Lindomar 3L, ambos aclamados pela mídia como duas novas revelações do Hip Hop nacional. Ainda em 2006, "O Poeta" é convidado por KL Jay para participar da gravação do CD "Rotação 33, Fita Mixada".
Em 2007, GOG grava seu primeiro DVD "Cartão Postal Bomba!" cujo lançamento aconteceu em 2009. Destacam-se as participações de Lenine, Maria Rita, Gerson King Combo, Paulo Diniz, Mascoty, Isaías Jr, Nego Dé, entre outros. O formato da apresentação é inovador: GOG grava vários de seus hits acompanhado pela banda MPB Black.
Gog recebe os prêmios Hutúz (quatro categorias) pelo CD "Aviso às Gerações" e "Dom Quixote de La Perifa" que, segundo a Cooperifa "[...] é uma homenagem a umas cem pessoas importantes da periferia, e pessoas que ajudam a periferia a se transformar em um lugar melhor para viver".
Em dezembro de 2007, lança o CD "Cartão Postal Bomba!", ao vivo. O lançamento é feito com exclusividade pela internet através do site oficial do artista. GOG apresenta uma nova proposta de negociação, divulgação, distribuição, reforçando assim, a interação com o seu público e toda comunidade, promovendo o discurso conceitual da auto-gestão para debate.
A aproximação com a literatura marginal e os movimentos culturais são essenciais para a sobrevivência do texto e do teor evolutivo do Hip Hop, segundo Gog, que estreita alianças com vários ativistas: Sérgio Vaz, Cooperifa, Férrez, 1daSul, Nelson Maka, Coletivo Blackitude, Alessandro Buzo, Suburbano Convicto e Sacolinha Graduado, entre vários outros. Os movimentos sociais também se aproximam, como MST, MSTL, Ação Educativa passam a ser parceiros de seu trabalho. Em setembro de 2010 lançou o seu primeiro livro, intitulado A Rima Denuncia, que traz 48 letras de rap de diversas fases de sua carreira.

Músicas deste CD

01 Dona Sebastiana
02 Dia-a-Dia da Periferia
03 Quando o Pai se Vai
04 Periferia tem Talento
05 Assassinos Sociais
06 Brasil com “P”
07 Periferia Segue Sangrando
08 Eu e Lenine (A Ponte)
09 Sonhos Latinos
10 Brasília Periferia (1, 2 e 3)
11 Mais uma Estória
12 Carta à Mãe África (com Ellen Oléria)
13 O Amor Venceu a Guerra
14 A Lei de Gerson
15 GOG (Trocando Idéias) Sérgio Vaz (Os Miseráveis)

Zapp I- 1980

Zapp (também conhecida como Zapp Band ou Zapp and Roger) foi uma banda americana de soul e funk, formada em 1978 pelos irmãos Roger Troutman, Larry Troutman, Lester Troutman, Tony Troutman e Terry "Zapp" Troutman.
Nos anos 80, a banda Zapp revolucionou a música com o uso do talk box em seus vocais, marca registrada da banda. O talk box era um sistema eletrônico acoplado a uma mangueira pelo qual o vocalista cantava. Esse recurso eletrônico alterava a voz que passava pelo teclado de Roger. Era o equipamento responsável por aquela voz distorcida, que fez a banda Zapp famosa mundialmente. Mas não foram eles que inventaram esse recurso. Na verdade, esse equipamento foi desenvolvido para ser um pedal para guitarras. O músico de rock Peter Frampton desenvolveu a técnica, colocando a mangueira na boca e falando através dela. O som ia até a talk box e depois para sua guitarra, que o transformava, produzindo algo até então inédito. A primeira música gravada por Frampton com esse recurso chamou-se Show Me The way.
Como a voz é o elemento principal para a mágica da talk box acontecer, ninguém consegue produzir um resultado final igual ao de outro músico. O som produzido é bem singular e carrega a marca registrada de quem o produziu.
Zapp tornou-se conhecida por hits como More Bounce to the Ounce, Dance Floor e Computer Love, e foram a inspiração para diversos grupos de G-funk e hip hop, especialmente em sua variante da costa oeste norte-americana, que utilizaram-se das batidas tradicionalmente marcadas com palmas que caracterizavam o estilo de funk da banda, e do uso notável feito por Roger de sua talk box. Wikipedia

Esta postagem é para quem curtiu as festinha dos anos 80 nas casa dos colegas, ou nas sedinha espalhadas pela periferia de São Paulo.
Este é o primeiro disco gravado da banda, lançado no ano de 1980- DJ Dejota

Músicas deste disco


01- More Bounce To The Ounce
02- Freedom
03- Brand New Player
04- Funky Bounce
05- Be Alright
06- Coming Home

Clique aqui ou nas capas para baixar este CD

terça-feira, 9 de abril de 2013

Lauryn Hill - The Miseducation of Lauryn Hill- 1998

Lauryn Noel Hill (South Orange, 25 de Maio de 1975) mais conhecida como Lauryn Hill é uma cantora, produtora musical e atriz americana.
Lauryn apareceu como destaque interpretando Rita Watson na segunda parte do filme Mudança de Abito (com Whoopi Goldberg) e fez parte do trio musical The Fugees com Wyclef Jean e Pras Michel. O The Fugees acabou devido às constantes brigas internas entre os integrantes. A música mais conhecida deles é Killing Me Softly uma regravação de um sucesso na década de 70 de Roberta Flack.A americana Lauryn Hill nasceu em 25 de maio de 1975 e cresceu na cidade de South Orange, em New Jersey. Desde criança, Hill cantava e fazia pequenas participações em programas de televisão e filmes. Seu envolvimento com o grupo de rap e rhythm & blues Fugees começou aos 13 anos. Hill estudou na Columbia University, em Nova Iorque.
Seu primeiro disco solo, The Miseducation of Lauryn Hill (1998), reinou nas paradas americanas durante quase todo o ano de seu lançamento. Além disso, garantiu a Hill onze indicações no prêmio Grammy de 1999, feito jamais alcançado por uma cantora. Hill levou cinco, entre eles o de Álbum do Ano e Melhor Cantora do Ano. O disco, uma mistura de rap, soul, reggae e rhythm & blues, também rendeu uma turnê ao lado dos rappers de OutKast. Wikipedia


Músicas deste CD

01. Intro (The Miseducation of Lauryn Hill)
02. Lost Ones
03. Ex-Factor
04. To Zion (feat. Carlos Santana)
05. Doo Wop (That Thing)
06. Superstar
07. Final Hour
08. When It Hurts So Bad
09. I Used to Love Him (feat. Mary J. Blige)
10. Forgive Them Father (with Shelley Thunder)
11. Every Ghetto, Every City
12. Nothing Even Matters (feat. D'Angelo)
13. Everything Is Everything
14. The Miseducation of Lauryn Hill
15. Can't Take My Eyes Off of You
16. Sweetest Thing (Mahogany Mix)


Clique aqui ou nas capas para baixar este CD


Bone Thugs - Faces Of Death

Bone Thugs-n-Harmony é um grupo de rap dos Estados Unidos formado em Cleveland, Ohio em 1991. É conhecido pelo seu estilo de rap harmonizado com os vocais. Em 1997, o grupo ganhou o Grammy Award pelo melhor desempenho de rap, com sua canção "Tha Crossroads". Desde sua criação nos anos 1990, o grupo foi honrado com outras numerosas premiações.

O grupo começou em 1987 com o nome de "The Band Aid Boys", formado por Layzie Bone, Krayzie Bone, Flesh-n-Bone (irmão de Layzie) e K-Chill. Usaram todo o dinheiro que tinham para fazer uma fita demo, porém não tiveram reconhecimento nenhum.
K-Chill abandonou o grupo e no lugar dele entraram Bizzy Bone e Wish Bone (primo de Layzie e Flesh). Em 1993 eles lançaram o seu primeiro álbum com o nome Faces of Death mas não foi muito conhecido. O grupo mudou algumas vezes de nome até se tornar Bone Thugs-n-Harmony. Wikipedia

Este é o primeiro CD do grupo, lançado em 1993- DJ Dejota

Músicas deste CD


01 Flow Motion (Unedited)
02 Everyday Thang
03 Intro
04 Def Dick
05 Sons of Assassins
06 Hell Sent
07 #1 Assassin
08 We Be Fiendin'
09 Bless Da 40 Oz.
10 Gangsta Attitude

Clique aqui ou nas capas para baixar

quarta-feira, 3 de abril de 2013

DJ Dejota apresenta- Angie Stone- Ballads - 2013

Angie Stone 

Angela Laverne Brown, conhecida artisticamente como Angie Stone (Columbia, 18 de dezembro de 1961), é uma cantora, compositora, tecladista, produtora musical e atriz americana. Ela foi indicada para três prêmios Grammy .  Ela tem sido mais bem sucedida cantando R & B (Black Music), com quatro albuns no Top 10. Ela já vendeu mais de 1,4 milhões de álbuns nos EUA e mais de 5 milhões de álbuns em todo o mundo. Fonte Wikipedia

Nesta coletânea especial da cantora, coloquei 32 sucessos, divididos em dois CDs, baixem e confiram a bela voz que tem a cantora, que inclusive tem como madrinha musical, ninguém menos que Betty Wright, sua voz aliás é bem parecida com a de sua madrinha.  Betty Wright participa aqui de duas canções, nas músicas "Baby" e "That Kind of Love", também tem a participação de Snoop Dogg na música "I Wanna Thank Ya". DJ Dejota

Músicas destes CDs

CD 1

01- Baby- Feat. Betty Wright
02- Life Story [Jazz Hop Mix]
03- Kiss All Over Your Body
04- 20 Dollars
05- Heaven Help
06- I Wanna Thank Ya Feat. Snoop Dogg
07- Free
08- Soul Insurance
09- No More Rain (In This Cloud)
10- Snowflakes
11- Tell Me
12- That Kind of Love - Feat. Betty Wright
13- Why Is It
14- Visions
15- Think Sometimes
16- U-Haul

CD 2

17- Bottles & Cans
18- Coulda Been You
19- Just a Pimp
20- Life Story
21- Man Loves His Money
22- Time of the Month
23- You Don't Love Me
24- Love Junkie
25- My Man
26- karma
27- Take Everything In
28- Sometimes
29- My People feat. James Ingram
30- Wait For Me
31- Sit Down
32- Play With It

Clique aqui ou nas capas para baixar este CD

Especial Stereo MC's- 2013

Stereo MCs é um grupo de hip hop britânico. Seus integrantes são: "The Head" (nome verdadeiro: Nick Hallam) nascido em 11 de Junho de 1960 em Nottingham, Inglaterra, e "Rob B" (nome verdadeiro: Robert Charles Birch) nascido em 11 de Junho de 1961 em Ruddington, Nottinghamshire, Inglaterra.
O duo inicialmente montou um estúdio de gravação, chamado Gee Street. Durante um de seus trabalhos, decidiu gravar o seu primeiro álbum, 33-45-78, junto com DJ Cesare e a vocalista Cath Coffey. No ano seguinte, a música Elevate my Mind foi o primeiro sucesso de hip hop inglês na parada de sucessos norte-americana.
Os Stereo MCs trabalharam no remix da música Frozen de Madonna.
A banda ficou famosa no Brasil em 1993, com os sucessos 'Step It Up' e 'Connected', gravadas um ano antes, fazendo muito sucesso e sendo tocado nas rádios de todo o país. "Step It up" fez parte da trilha da novela Olho no Olho. Ambas fazem parte do álbum Connected de 1992.

Formação: Rob B, Cath Coffey, Vernoa Davis, Andrea Groves, Owen If, The Head. Fonte Wikipedia

Nesta coletânea coloquei 17 grandes sucessos do grupo. DJ Dejota

Músicas

01 Connected
02 I'm a believer
03 Warhead
04 Master of my own mind
05 Sceneof the crime
06 Use it
07 Declaration
08 Sketch
09 All night long
10 What is soul
11 Part 2
12 Goin' back to the wild
13Pressure
14- Breath out
15 Creation
16 Unconscious
17 On the mike

Clique aqui para baixar pelo MEDIAFIRE


Clique aqui para baixar (Link 2- Mega)

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Kool G Rap & DJ Polo (1989) - Road to the Riches (Special Edition)(2CD)

Kool G Rap 

(nascido Nathaniel Wilson em 20 de Julho de 1968), originário de Queens, Nova Iorque, EUA é um dos incontornáveis nomes no que ao Rap diz respeito. É um dos MC's que mais influência teve nas várias gerações de rappers que lhe seguiram. Não só por ser um dos primeiros MC's realmente hardcore, mas também pela sua forma de escrever e rimar. Para além de rimar várias vezes a mesma sílaba num só verso, Kool G Rap rima também diferentes sílabas no mesmo verso. Usando todo o seu lirismo para falar das ruas de Nova Iorque, falar sobre a vida do crime e tudo o que se lhe associa e para evidenciar os seus dotes no storytelling.
Lançou três álbuns em parceria com DJ Polo, o primeiro dos quais em 1989, os músicos já trabalhavam juntos desde 1986. Road To The Riches teve no seu tema homónimo o seu mais bem sucedido single. «It's a Demo» e «Poison», foram outros dos temas que motivaram um bom acolhimento do álbum por parte da crítica. Contudo, e como aconteceria ao longo de toda a carreira de Kool G Rap, o sucesso comercial foi diminuto. O álbum foi inteiramente produzido por Marley Marl, também membro dos Juice Crew, tal como Kool G Rap e DJ Polo.
A dupla regressa um ano depois com Wanted: Dead or Alive. Mais um clássico, mais uma demonstração do lirismo de Kool G Rap. Foi, mais uma vez, bastante bem acolhido pela rítica, não se podendo menosprezar o papel dos excelentes singles «Streets of New York» e «Erase Racism» para esse êxito. «Wanted: Dead or Alive» e «Bad to the Bone» são outras das boas faixas que podemos encontrar neste segundo trabalho do duo. Participam no álbum Biz Markie, Big Daddy Kane, Ant Live, Freddie Foxxx e Large Professor.
1992 marca o lançamento de novo álbum de Kool G Rap & DJ Polo. Live and Let Die conta com produções do próprio Kool G, de Sir Jinx e dos Trackmasters, contando também com participações de Big Daddy Kane, Scarface, Bushwick Bill e Ice Cube. Sem ter alcançado grandes números de vendas, recolheu excelentes impressões e avaliações dos entendidos, bem como dos ouvintos, o que ajudou a cimentar e engrandecer o estatuto de Kool G Rap e o respeito que as ruas tinham por ele. Os maiores sucessos de Live and Let Die foram «On the Run» e «Ill Street Blues». «Live and Let Die» e «Letters» são algumas das boas boas músicas presentes no álbum.
Em 1994 é editado Killer Kuts, uma compilação dos melhores temas lançados pela banda nos seus três álbuns.
Segue-se a estreia a solo de Kool G Rap, que lança aqui o seu último trabalho de originais pela Cold Chillin' Records, com 4,5,6, em 1995. O MC defraudou bastante as expectativas, não evidenciando, como anteriormente, a sua intelegência nas rimas, nem conseguindo construir canções à altura do que o estatuo que atingira lhe obrigava. Kool parecia ter ideias esgotadas, o que se justificava pela frenética actividade discográfica, 3 álbuns em 4 anos, e todos eles de enorme qualidade. Tudo estes factores se traduziram numa avaliação negativa por parte da crítica. Em 4,5,6 participam ainda B1, MF Grimm e Nas. Os foram «Fast Life», com Nas, e «It's a Shame».
Um ano depois é lançada nova compilação de temas de Kool G Rap e DJ Polo. De resto, saíria ainda mais uma compilação com os melhores temas do duo. The Best of Cold Chillin': Kool G Rap & DJ Polo, em 2000.
Depois do fracasso e baixa qualidade demonstrada em 4,5,6, o rapper fez uma pausa de três anos, só reaparecendo em 1998 com Roots of Evil. Agora com distribuição da K-Tel, regressa com um trabalho que, embora não tenha o mesmo nível dos seus trabalhos do início da década, traz o MC revigorado, co melhores letras, melhores músicas e com capacidade para inovar. Podemos ainda ouvir colaborações com Papoose e Jinx, entre outros.
Em 2000 nova compilação dos melhores temas da carreira do MC de Queens. Desta feita editado pela Landspeed Records.
Quatro após o seu último trabalho de originais, somos brindados com The Giancana Story, álbum que nos faz recordar os bons velhos tempos do MC. Um dos nomes mais importantes e respeitados dentro da cena do rap hardcore, apresenta-nos um CD que é a perfeita personificação do estilo. Em The Giancana Story participam também Prodigy, AZ, Nawz, Tito, Joell Ortiz, Havoc, Jinx, G-Wize e Capone-N-Noreaga. O álbum foi editado pela Koch Records.
Click of Respect foi editado em 2003, em colaboração com os 5 Family Click. Não obtendo tanto sucesso como o seu antecessor, o álbum teve como singles «Gully» e «Breaker Breaker».
Recentemente falou-se do possível ingresso de Kool G Rap na G-Unit Records. Com a entrada, para a mesma, dos Mobb Deep e dos M.O.P. já tudo parecia possível. Contudo, o MC chegou a acordo coma Chinga Chang Records, pela qual lançará um álbum inteiramente produzido por DJ Premier. Fonte Wikipédia


Disc 1
01 - Road To The Riches
02 - It's A Demo
03 - Men At Work
04 - Truly Yours
05 - Cars
06 - Trilogy Of Terror
07 - She Loves Me, She Loves Me Not
08 - Cold Cuts
09 - Rhymes I Express
10 - Poison
11 - Butcher Shop
12 - Radio Album Introduction
13 - Radio Freestyle ft. Craig G.
14 - Radio Interview
15 - Riker's Island Radio Promo

16 - Raw ft. Big Daddy Kane

Disc 2
01 - It's A Demo(orig 12' version)
02 - I'm Fly(orig 12' version)
03 - Ricker's Island(orig 12' version)
04 - Rhyme Tyme(orig 12' version)
05 - Poison(hip-hop)
06 - Poison(Dub)
07 - Poison(Remix)
08 - Men At Work(Extended Version)
09 - It's A Demo(orig 12' instrumental)
10 - I'm Fly(orig 12' instrumental)
11 - Riker's Island(orig 12' instrumental)
12 - Men At Work(extended instrumental)
13 - She Loves Me, She Loves Me Not(instrumental)

14 - Men At Work(A Capella)

Clique aqui ou nas capas para baixar esse CD